Um revolucionário?

Talvez neste blog, devêssemos estar criticando mais uma multinacional e seus poderes. Talvez estar falando mal dos meios de produção da Apple na china, o qual faz com que diversos chineses trabalhem quase que em condições de escravidão. Mas neste caso, devemos reconhecer que algumas pessoas, não sozinhas, são gênios. Neste caso,  Steve Jobs, que morreu hoje em 05 de outubro de 2011, era um gênio. E junto com sua genialidade revolucionou a tecnologia que o mundo conhecia. Hoje as nossas tecnologias são baseadas em suas inovações. Dois exemplos são: a invenção de um tocador de música portátil sem necessidade de nenhum outro item, como CDs ou fitas e a invenção do computador portátil, o qual evoluiu até o computador que usamos hoje em dia. Como um exemplo mais complexo, pensem, agora temos um celular, que toca música, igual o nosso melhor tocador de músicas, é um telefone, e ainda te da acesso a internet, ou seja, ao mundo inteiro, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Se há alguns anos atrás se demorava dias para chegar ao outro lado do mundo, agora com a ajuda de Steve Jobs, chegamos em qualquer lugar do mundo em 1 segundo, não importa onde estivermos. Abaixo uma vírgula de sua genialidade:

Anúncios